Follow by Email

sexta-feira, 23 de maio de 2014

[...]

Vai embora, mas vai de uma vez 
Arranca de mim você 
Fica, mas fica devagar 
Pra eu não sentir que é um erro 

Me solta, e não me faz querer lembrar
Diz a verdade, mas com doçura e sem pudor 
Me leva pra cama e cala a minha voz 
Que é pra eu ter certeza que é amor 

Vai embora, mas volta toda vez que for preciso 
Fica e lembra do que somos feitos 
de amor e ódio, prazer e redenção 
De tudo que não é certo ter ... Eu e você !

Janaína Bonfim.

2 comentários:

  1. Você broca muito
    Suas poesia são perfeitas
    Escreve um livro

    ResponderExcluir
  2. Você broca muito
    Suas poesia são perfeitas
    Escreve um livro

    ResponderExcluir