Follow by Email

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

[ ... ]


NÃO DEIXE O AMOR PASSAR

Quando encontrar alguém e esse alguém fizer seu coração parar de funcionar por alguns segundos, preste atenção: pode ser a pessoa mais importante da sua vida.
Se os olhares se cruzarem e, neste momento,houver o mesmo brilho intenso entre eles, fique alerta: pode ser a pessoa que você está esperando desde o dia em que nasceu.
Se o toque dos lábios for intenso, se o beijo for apaixonante, e os olhos se encherem d’água neste momento, perceba: existe algo mágico entre vocês.
Se o primeiro e o último pensamento do seu dia for essa pessoa, se a vontade de ficar juntos chegar a apertar o coração, agradeça: Deus te mandou um presente: O Amor.

Por isso, preste atenção nos sinais - não deixe que as loucuras do dia-a-dia o deixem cego para a melhor coisa da vida: O AMOR.
Carlos Drummond de Andrade

[ ... ]


Enquanto eu tiver perguntas e não houver respostas... continuarei a escrever
Clarice Lispector

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

algo sagrado-----------leonardo bava



seu sorriso é sol
uma sensação maior
uma candeia iluminada
um passo pra perdição
um olhar distante á vista  pro mar
um violão sem cordas
um romance sem compania
uma festa sem convidados
uma poesia sem RIMA
uma igreja sem norma sagrada
uma alma vazia.

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Ainda lembro ...


Ainda lembro do seu toque 
Do seu cheiro
E de como costumava me chamar

Ainda me pego pensando em nossas juras
Ainda lembro do seu sarcasmo que me irritava
E de suas mãos que arrancavam arrepios quando me tocavam

Ainda penso naquela música que cantamos juntos
Ainda carrego a angustia de não poder te ver
Ainda e por algum tempo vou lembrar de como foi embora
Me deixando só saudade e as lembranças daquela tarde com você

Ainda lembro da sua voz sussurrando em meu ouvido 
O quanto era bom está ao meu lado
Lembro de como seu sorriso me deixava tonta
E de como eu sorria um sorriso de ponta a ponta

Ainda lembro mesmo não querendo lembrar
Que você foi o mais perto do amor
Não sei se é certo desejar
Mas que culpa tenho eu meu senhor?

Mas deixa está que um dia passa
E as lembranças serão apenas marcas
Que o tempo vai levar ...

Janaína Bonfim.