Follow by Email

sábado, 3 de novembro de 2012

Ego Poético

Poetizar é falar intimamente dos ideos 
Que há em você 
É assumir não a indententidade dos sentimentos 
É ir além do que esperam 
Ver particularmente seu eu escupido, desnudo, sem pudor a sua volta.

Poetizar é experimentar sentimentos como um perfumista 
experimenta fragrâncias 
É não se conter diante da composição 
que se torna banal.

É ser sábio e não ter medo de ser pupilo
Escutar não só com os ouvidos mas com a alma e espirito 
Ser livre .

Poetizar é o sentido do meu ser 
 Ser cada vez mais EU!!


                                                                                       Janaína Bonfim.

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Eleição ...

As eleições nesse país é mais uma caso de piada do que uma nova oportunidade de mudar realmente, eu penso não só como eleitora que desde os 16 anos fez questão de votar , mas como alguém  que vê que precisamos votar de verdade, e quando digo votar 
falo de votar sim e não se negar a escolher pois o voto em branco é mesma coisa de ser conivente com essa sujeira chamada corrupção.
Na minha concepção votar é um ato importante e que deve ser avaliado e pesquisado pois são 4 anos que esses sacanas vão ficar no poder sugando o dinheiro que é meu q eu soou muito pra conseguir e então mais do que isso o voto sempre foi um motivo de orgulho principalmente para as mulheres esse gesto que muita gente ignora é resultado de luta de gerações que sonharam com a liberdade de expressão, pra mim o resultado de uma administração pública depende muito dos eleitores e como somos influenciados e precisamos diretamente deles precisamos criar o hábito de pesquisar, de refletir, de ler a plataforma de governo e de principalmente cobrar, precionar ser ativo.
Deixar de reclamar somete e agir é uma colocação muito citada e pouco efetivada ... 

Pense você é responsável pelo futuro sim então seria interessante começar a pensar nele hoje !!

Janaína Bonfim .

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Declaração ...

Ele me conhece como ninguém ele sabe como me  beijar com jeito ele sabe quando eu to pro sim e quando to pro não que quase nunca é a resposta pra aquele sorriso amarelo que ele dá assim meio de lado  e quando irritada eu fico só ele me faz esquecer sempre com uma história engraçada que me faz viajar e perceber q enrugar as sobrancelhas envelhece ... ele me faz sonhar e ter o pé no chão toma conta de mim de um jeito que nem sei ... como pude viver tanto tempo sem você meu amor?como pude me enganar com os outro tantos que não tinham tudo que você tem? bom foi até bom porque agora já sofri tudo e só me resta momentos felizes ao seu lado te amo e não é força da expressão é um hábito sim hábito de ser plena com você!!

Janaína Bonfim. 


sábado, 14 de julho de 2012

Só ...

Ainda cercada de nada, levanto-me
Mulambo destroçado
Pelas minhas escolhas irresponsáveis

Ainda cercada de nada, levanto-me
Olho no espelho e vejo o quanto
Faço mal a mim, o quanto estou mal

Procuro apoio em quem já está encostado
Tento pensar  numa  saída  que não seja óbvia
Que não esteja presa ao passado que seja uma porta ... 

Ainda cercada de nada
Sou eu e a minha angustia
Sou eu e a minha solidão
Andamos na nossa caminhada as escuras.

Janaína Bonfim.


Mentiras Dissimuladas

Mentiras dissimuladas num olhar angelical
Sorrisos venenosos de lábios adocicados
E frieza num olhar penetrante 


Até parece que já sabe como te ganhar
Até parece que já sabe suas fraquezas
Que são tão banais aos mortais iguais a você ...


Não perco o sono com as mazelas do mundo
Tenho coisa melhor com que me  preocupar 
Afinal de que serve um estado apodrecido,
Com pessoas levianas e inescrupulosas
Por isso não me arrependo de nada só do que não fiz ...


E o perigo nem passa pela sua cabeça 
Ele come a sua mesa 
E sem você perceber, espreita 
Como um caçador na floresta


Janaína Bonfim.







domingo, 10 de junho de 2012

Sagitariana ...


Eu sou ...
Uma desastrada apaixonada
De coração doce,mas grito forte
De alma sincera, mas viro uma fera
se me provocam, me entrego sem regras
No meu coração a mágoa não faz casa...
 Brigo fácil
Perdoo mais fácil ainda
Às vezes,insana
Outras vezes, toda zen
Eu sou o que acredito !



Janaína Bonfim

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Ainda cercada de nada levanto-me
Mulambo destroçado pelas minhas
Escolhas irresponsabilidades

Ainda cercada de nada levanto-me
Olho no espelho e vejo o quanto
Faço o mal a mim, o quanto estou mal

Procuro apoio em que já está escorado
Tento pensar numa saída que não seja
Obvia, que esteja presa ao passado
Que seja uma porta


Ainda cercada de nada
Sou eu e a minha angustia
Só eu e a minha solidão
Andamos na nossa caminhada as escuras ...

Janína Bonfim .

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Para meu amor ... [ Anjo - Saulo Fernandes]


Hoje eu acordei mais cedo
E fiquei te olhando dormir
Imaginei algum suposto medo
Para que tao logo
Pudesse te cobrir
Tenho cuidado de você
Todo esse tempo
Você esta sob o meu abraço
E minha proteção
Tenho visto você errar e crescer
Amar e voar
Você sabe onde pousar
Ao acordar já terei partido
Ficarei de longe, escondido
Mas sempre perto decerto
Como se eu fosse humano, vivo
Vivendo pra te cuidar, te proteger
Sem você me ver
Sem saber quem sou
Se sou anjo
Ou se sou
Seu amor

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Sabinha de amor



Dias quntes 
noites frias 
eu e vc ouvindo essa melodia 
dizem que o amor é brega 
mais meu coração faz festa 
quando te vejo, te beijo 
meu preto vc me deixa tonta 
com esse seu aroma 
com seu sorriso de bamba 
minhas pernas ficam bambas se te 
bem devagar me ganha 
e diz no meu ouvido que és só meu 
ai  nem precisa perguntar me rendo nem olho 
me jogo nesse abismo contigo 


Mas se some ai pronto chove dentro de mim 
desperta meus medos , fantasmas 
que me procuram quando vc não está 
meu bem não me deixe.


Janaína Bonfim.